terça-feira, 16 de dezembro de 2014

A moça levanta e segue em frente. Não por ser forte, e sim pelo contrário: Por saber que é fraca o bastante para não conseguir ter ódio no seu coração, na sua alma, na sua essência. 
E ama, sabendo que vai chorar muitas vezes ainda. 
Afinal, foi chorando que ela, você e todos os outros, 
vieram ao mundo.”




Nenhum comentário:

Postar um comentário